RIHANNA MAIS RICA QUE A BEYONCÉ… AHN? por Camila Jin Ahn

Rihanna está mais rica que a Madonna e a Beyoncé

Em 5 de junho, nossos instas estavam sendo bombardeados: Rihanna é considerada a música mais bem paga do mundo, com uma fortuna de 600 milhões de dólares passando a Madonna por “apenas” 30 milhões. Para vocês terem noção, ela está 200 milhões de dólares (sim, 1/5 de um bilhão) mais #ryca que a Beyoncé.

Agora peço para você parar e pensar: o que eu tenho feito desde 2016 quando aquela frase “Work Work Work” me infernizou tantas vezes? Bom, a Riri (para os íntimos) fez muita coisa, a maioria envolvendo seus produtos das marcas Fenty.

Resumo do Google sobre a Fenty: sobrenome da Rihanna que ela usou para batizar suas marcas de maquiagem, lingerie e moda alta costura.

Nas passarelas da Fashion Week de Nova Iorque de fevereiro de 2016, o nome Fenty apareceu pela primeira vez através da collab (abreviação de “colaboração” em inglês) ‘Fenty Puma by Rihanna’. O objetivo da cantora era desafiar as silhuetas comuns dos sexos masculino e feminino e desfocar essa divisão de gêneros. Como resultado, a Puma disse que no primeiro trimestre de lançamento da parceria com a Rihanna houve um aumento de 11% nas vendas da marca como um todo.

Fonte: interviewmagazine.com

Esta não tinha sido a primeira collab de sucesso
da Riri. Ela já havia feito outras parcerias como a
de maquiagem com a MAC Cosmetics e lançado
vários perfumes com a empresa Parlux usando
seu nome. A cantora/atriz/empreendedora já
havia mostrado seu interesse no setor da beleza,
especialmente por ter nascido em Barbados e
dizer que tinha dificuldade em encontrar bases e
corretivos no seu tom de pele.

Com o intuito de resolver este problema e
providenciar cosméticos inclusivos, a Rihanna
assinou um contrato com o grupo LVMH (Louis
Vuitton Moët Hennessy – aquele das bolsas e dos
champagnes) e desenvolveu a sua própria marca
de maquiagem: a Fenty Beauty, lançada em 2017.
Além de vender no próprio site da marca, a linha
de maquiagem da Rihanna é vendida na Sephora,
que também pertence ao grupo LVMH (aguarde,
que esse grupo já já volta na história de novo).

Em um mês de lançamento, a Fenty Beauty faturou 72 milhões de dólares com produtos esgotados em todas as categorias. O apelo da variedade de tons, que são 51 no total hoje no site, gerou um marketing boca-a-boca gigantesco, onde pessoas com albinismo e diversos tons de peles negras se sentiram representadas pela primeira vez em uma marca de cosméticos.

Pessoalmente, testei alguns produtos da Fenty Beauty e hoje não troco os Match Stix dela como contorno e iluminador por nada e fico muito feliz que muitos me perguntam de que marca são quando me vêem maquiada. Eu sou oriental, mas não tenho uma pele tão amarela, mas também não tenho um tom ocidental e a Rihanna me ajudou a achar produtos que fazem mais sentido para o meu tom de pele.

Menos de um ano depois, em maio de 2018 a cantora lançou sua marca de lingerie: Savage x Fenty. Seguindo a mesma linha de inclusão de tons de pele de suas maquiagens, a Riri fez questão de ter uma diversidade de tamanhos para que todas as mulheres se sentissem confiantes e vestissem lingerie também para elas mesmas. Além dos tamanhos clássicos PP a GG, ela possui tamanhos extras chamados 1X, 2X e 3X, sem contar a infinita quantidade de tamanhos de sutiãs que variam de acordo com o tamanho das costas e do busto da cliente. O sucesso foi tão grande que este ano a Savage x Fenty lançou mais tamanhos extras de sutiãs.

Novamente, eu fã da Riri versão empreendedora, fui lá e experimentei o sutiã mais confortável da minha vida e nunca mais voltei na Victoria’s Secret quando viajei. Este é o meu único comentário.

Um ano depois, agora em maio de 2019, a Rihanna anunciou o lançamento da sua marca Fenty de alta costura e luxo com o grupo LVMH (falei que ele ia voltar). Em uma tacada só, a Rihanna se tornou a primeira mulher e negra a criar uma marca própria no grupo dono de marcas icônicas como a Dior, Marc Jacobs e Fendi. O CEO do grupo LVMH Bernard Arnault apoiou a Riri com todos os recursos e times necessários e disse: “todos conhecem a Rihanna como uma ótima cantora, mas através da nossa parceria com a Fenty Beauty, eu descobri uma verdadeira empreendedora, uma real CEO e uma líder incrível”.

Além de tudo isso que passou desde o lançamento do seu último álbum ‘Anti’ em 2016, a Rihanna também está preparando seu próximo, mas sem data prevista. Bom, podemos dizer que ela está bem ocupada sendo empreendedora e também atriz como a vimos em ‘Oito
Mulheres e um Segredo’ ao lado de atrizes como Sandra Bullock, Cate Blanchett, Anne Hathaway e Sarah Paulson.

Quero terminar este texto com um trecho da entrevista da Sarah Paulson com a Rihanna para a revista Interview Magazine sobre como a cantora/atriz/empreendedora tem tentado balancear sua vida pessoal e profissional:

“Somente nos últimos 2 anos começou a cair a ficha pra mim de que precisamos ter um tempo para nós mesmos, porque a nossa saúde mental depende disso. Se você não está feliz, você não será feliz nem fazendo as coisas que ama. Vai sentir como se fosse uma tarefa. Eu nunca vou querer que meu trabalho se torne uma obrigação. Minha carreira é meu propósito e não deve ser nada além do que um lugar feliz. Eu já transformei pequenas coisas em grande coisas como caminhar ou ir ao supermercado. Agora estou em um novo relacionamento e isso é importante para mim, eu entendi que precisava ter tempo para isso. Da mesma forma que eu
cuido dos meus negócios, eu preciso cuidar do meu relacionamento também. Eu me desligo
2-3 dias de vez em quando e ponho um ‘P’ na agenda que significam ‘dias pessoas’. Isto é algo
novo”.

Não tive nenhuma dúvida na hora de escolher a música deste texto – Bitch Better Have My Money da nossa plena Rihanna:

 

Confira aqui a entrevista completa da Rihanna com a Sarah Paulson na Interview Magazine: https://www.interviewmagazine.com/music/meet-rihanna-the-shy-gal

RIHANNA MAIS RICA QUE A BEYONCÉ… AHN? por Camila Jin Ahn

Sobre o autor
-